12 Coisas que você precisa saber sobre a Marvel

Confira as 12 coisas que você precisa saber urgente sobre a Marvel, confira as principais curiosidades sobre a Marvel aqui em nosso blog veja agora

Planejamento
A ideia de iniciar o Universo Cinematográfico Marvel surgiu em 2005, com a Marvel Entertainment planejando lançar filmes de maneira independente, já que as outras produções de heróis da editora eram feitas em parceria com a Sony, New Line ou 20th Century Fox. A partir disso foi criado o Marvel Studios, que passaria a produzir os longas dos super-heróis cujos direitos estavam sob o domínio da Marvel

O chefão

Kevin Feige era produtor de todos os filmes com personagens da Marvel lançados desde Blade em 1998. Em 2007, ele foi nomeado o chefe do Marvel Studios e responsável por arquitetar as conexões entre todos os filmes que viriam a construir o Universo Cinematográfico da Marvel

A primeira aposta

Sem poder utilizar os mais conhecidos personagens dos quadrinhos como Wolverine, Homem-Aranha ou o Quarteto Fantástico, o Marvel Studios precisava se virar. E a aposta para dar o pontapé inicial ao seu Universo Cinematográfico foi o Homem de Ferro. O diretor escolhido foi Jon Favreau, que também ganhou um papel no longa. Faltava definir o ator que interpretaria o protagonista. Tom Cruise chegou a ser cotado, mas Robert Downey Jr foi escalado para o papel

 

A escolha perfeita

A escolha de Downey Jr foi contestada pela Marvel devido ao histórico problemático do ator. No entanto, o diretor Jon Favreau defendeu e foi essencial para que ele pudesse ser Tony Stark nos cinemas. E o “casamento” foi perfeito. Hoje em dia não dá para imaginar outra pessoa vivendo o personagem. Além disso, o carisma do ator foi um dos pontos principais para o sucesso dos estúdios

 

A cena que mudou tudo

Alguns filmes costumavam colocar cenas após os créditos, mas a Marvel desenvolveu uma nova maneira de aproveitar essas cenas. Ao final dos créditos de “Homem de Ferro”, Tony Stark (Downey Jr) se encontrou com Nick Fury (Samuel L. Jackson). Na cena, o personagem de Jackson, que é o diretor da SHIELD, explica que o Homem de Ferro não é o único super-herói e que ele faz parte de um universo muito maior. Essa cena pós-créditos transformou o longa do Homem de Ferro no primeiro capítulo do Universo Cinematográfico Marvel

O filme problemático

Depois do sucesso do primeiro filme, a segunda produção do Marvel Studios foi “O Incrível Hulk”, lançado apenas um mês depois de “Homem de Ferro”. No entanto, o longa do Gigante Esmeralda foi marcado por diversos problemas de produção. O primeiro deles foi o fato de que os direitos do personagem não pertenciam totalmente à Marvel, mas sim a outro estúdio, a Universal Pictures. E o outro grande problema foi o ator escalado para viver Bruce Banner, Edward Norton. Ele teve diversos desentendimentos com os produtores e quis fazer muitas alterações na história. O resultado disso? A menor bilheteria do Universo Cinematográfico Marvel – pouco mais de US$ 263 milhões arrecadados

 

O Deus do Trovão

O quarto filme do Universo Cinematográfico Marvel saiu em 2011 e apresentou Thor (Chris Hemsworth). O longa não causou tanto impacto como os dois primeiros filmes do Homem de Ferro, mas foi fundamental para introduzir Loki (Tom Hiddleston), vilão do Deus do Trovão que também seria o antagonista no primeiro encontro dos Vingadores

 

 

O Capitão

Também em 2011 tivemos o lançamento de “Capitão América: O Primeiro Vingador”. Diferentemente dos outros longas lançados até o momento, esse não se passava na linha do tempo atual e sim no final da 2ª Guerra Mundial. Chris Evans foi o escolhido para o papel do Primeiro Vingador

 

Trocas de Atores

Nem mesmo o sucesso gigantesco que os filmes do Universo Marvel fizeram foi capaz de evitar que alguns problemas acontecessem. Com isso, dois atores foram substituídos. Edward Norton passou o papel de Hulk para Mark Ruffalo e Terrence Howard, que teve conflitos financeiros com o Marvel Studios, foi substituído por Don Cheadle no papel de James Rhodes

 

Os Maiores Heróis da Terra

O primeiro encontro dos Vingadores dos cinemas aconteceu em 2012. A reunião entre Homem de Ferro, Thor, Hulk e Capitão América credenciou o filme como o primeiro do Universo Cinematográfico Marvel a arrecadar mais de 1 bilhão de dólares em bilheteria

 

Divisão em fases

Seus filmes são divididos em fases que normalmente culminam em um longa dos Vingadores. A Fase 1 é composta por “Homem de Ferro” (2008), “O Incrível Hulk” (2008), “Homem de Ferro 2” (2010), “Thor” (2011), “Capitão América: O Primeiro Vingador” (2011) e “Os Vingadores” (2012). A Fase 2 tem “Homem de Ferro 3″ (2013), Thor: O Mundo Sombrio” (2013), “Capitão América: O Soldado Invernal” (2014), “Guardiões da Galáxia” (2014), “Vingadores: Era de Ultron” (2015) e “Homem-Formiga” (2015). O atual momento dos filmes é a fase 3, com “Capitão América: Guerra Civil” (2016), “Doutor Estranho” (2016), “Guardiões da Galáxia Vol. 2” (2017), “Homem-Aranha: De Volta ao Lar” (2017), “Thor: Ragnarok” (2017), “Pantera Negra” (2018), “Vingadores: Guerra Infinita” (2018), “Homem-Formiga e a Vespa” (2018), “Capitã Marvel” (2019), “Vingadores: Ultimato” (2019) e “Homem-Aranha: Longe de Casa” (2019)

 

O personagem multimídia

Phil Coulson (Clark Gregg) é um personagem que proporciona uma experiência diferente em termos cinematográficos. Ele foi o primeiro a fazer a transição das telonas para a televisão ao estrelar a série “Marvel’s Agents of SHIELD”. Antes, porém, ele também foi o protagonista de curtas lançados nos DVDs dos filmes. O personagem ainda participou de quadrinhos e games ligados aos filmes